Clínica ProPlastica

3 dicas para levantar seios caídos

3 dicas para levantar seios caídos

É o sonho de toda mulher ter os seios firmes durante toda a vida. Mas é verdade é que isso quase nunca acontece.

A medida em que envelhecemos, a gravidade e o nosso estilo de vida fazem com que os nossos seios fiquem flácidos e caídos.

Nós vamos mostrar abaixo algumas maneiras de levantar/firmar os seios flácidos e caídos, mas vale lembrar que algumas dessas dicas são muito mais valiosas e eficazes quando tomadas como prevenção.

 

 

Dica 1 – Uso do sutiã correto

Há muitos modelos de sutiã que permitem realçar os seios e dar a eles uma aparência atraente. Porém, é interessante saber escolher o tamanho e modelo adequado para exaltar a sua beleza ao invés de ressaltar defeitos.

O uso diário de um sutiã inadequado para suas características físicas, pode exaltar alguns defeitos e dar um resultado não favorável esteticamente. Assista ao vídeo abaixo e aprenda a escolher o sutiã correto.

Leve essa escollha em consideração e comece agora mesmo:

 

Ah! Quando for praticar exercícios físicos, principalmente corrida, utilize um top que seja firme o suficiente para minimizar os impactos.

 

Dica 2 – Acabe com os maus hábitos já!

Os principais vilões dos seios firmes e bonitos são:

  • Fumo
  • Bebidas alcoólicas
  • Excesso de bronzeamento
  • Alimentação rica em produtos industrializados
  • Sedentarismo

Siga essas dicas constantemente, não adianta fazer uma semana e depois esquecer. Combinado?!

 

 Dica 3 – Não varie peso

A variação de peso (famoso efeito sanfona) é um dos principais vilões da queda dos seios, pois o ganho e perda de gordura causa flacidez na pele e consequentemente, a queda da mama. Estrias também costumam surgir após o efeito sanfona, então, uma boa dica para minimizar isso é o uso constante de hidratantes corporais.

 

Para seios com grau de flacidez elevado

Se os seus seios estão em um grau avançado de flacidez, as dicas acima certamente surtirão efeitos insatisfatórios.

No entanto levantamos algumas dicas para disfarçar e outras dicas para corrigir a flacidez dos seios:

 

3 Dicas para levantar provisoriamente os seios caídos:

  1. Utilize um sutiã com um bom suporte, modelos de bojo e aro podem ajudar a “empiná-los”. Se seus seios são “separados” é interessante escolher um modelo que permite o ajuste entre eles.
  2. A maquiagem (contorno) é um recurso que tem sido usado e ensinado por aí, confira esse vídeo do Youtube que mostra como fazer o “efeito”:

 

3. Uso de fitas adesivas especiais com efeito instantâneo e passageiro. A magia acaba quando você retira o adesivo. É preciso aplicar com a pele limpa e seca, sem creme, óleo ou perfume aplicado na região. Exemplo de fita:

 

Dicas para corrigir os seios caídos:

“Maquiar” o seio e utilizar fitas adesivas pode ser bastante útil para usar aquele decote, porém esses recursos são instantâneos e devem ser refeitos sempre a cada decote usado.

Essa prática constante de “disfarce” pode ser um tanto quanto desconfortável para algumas mulheres. Por isso, algumas delas tendem a buscar um tratamento com um efeito prolongado ou até mesmo definitivo.

Conheça:

 

Tratamento Definitivo: Mastopexia

A cirurgia de mastopexia (lifting de mamas) tem como objetivo reverter o caimento natural dos seios (ptose mamária), reposicionando a aréola e a pele com flacidez e elevando as mamas até sua posição original, promovendo sua simetria.

Ela pode ser realizada também associada a colocação de prótese de silicone, caso a mulher tenha o desejo de aumentar os seios, além de levantá-los.

Para saber tudo sobre a mastopexia, sugerimos que a leitura deste artigo: Mamoplastia X Mastopexia. Quais as diferenças?

 

A nova promessa: Sculptra, aplicação de bioestimulador (ácido poli-L-láctico)

O ácido poli-L-láctico, também conhecido como Sculptra, atua estimulando a produção de novas fibras colagenas o que implica em uma pele de melhor qualidade e mais firme, diminuindo assim a flacidez. O seu uso e seus resultados favoráveis já estão bem estabelecidos e estudados na região da face.

Apesar de já ser muito utilizado, os resultados na região corporal ainda estão sendo analisados, mas já se tem indicações de que será um ótimo método minimamente invasivo para tratar flacidez leve a moderada.

Duração e valores:

Os resultados podem se manter até 2 anos dependendo do paciente.

Por ser importado, esse tratamento ainda é um pouco caro, principalmente por se tratar de algo não-definitivo.

Apesar de muitos estudos e algumas comprovações, esse é ainda um assunto que precisa de mais embalsamento científico, mas é uma promessa em relação à melhora  da flacidez.