Clínica ProPlastica

Botox: técnica rejuvenescedora

Botox: técnica rejuvenescedora

Botox: técnica rejuvenescedora

Se você já pensou em fazer uso da aplicação de Botox para fins estéticos, mas ainda tem dúvidas sobre o procedimento, este artigo te ajudará a entender melhor sobre esta técnica e esclarecer os questionamentos mais frequentes.

 

O que é o Botox?

O Botox é uma marca registrada nos EUA para a comercialização da Toxina Botulínica tipo A para fins estéticos.  Hoje em dia existem várias outras no mercado, mas o nome que se popularizou foi o botox, assim como palha de aço no Brasil é chamada de bombril independente da marca. A Toxina Botulínica (Botox ®, Dysport, Xeomin, Prosigne)) é um medicamento de origem biológico obtido a partir da bactéria Clostridium botulinum.  Ao ser aplicada no músculo, provoca o relaxamento da região, tratando as linhas de expressão facial. Também pode ser usada no tratamento de hiperidrose axilar e palmar (suor excessivo nas axilas e palmas das mãos).

 

Uso da toxina botulinica

Quando nos expressamos através do sorriso ou choro, os músculos da face se contraem. Devido a estas frequentes contrações, ao longo do tempo, o exercício dos músculos resulta no desenvolvimento de linhas de expressão profundas, como por exemplo, linhas da testa, os famosos “pés de galinha” e os vincos entre as sobrancelhas.

Aplicadas em doses bem pequenas, diretamente nos músculos da face, a toxina botulínica tem a função de relaxar a musculatura. Como resultado, é possível diminuir a força da contração muscular, suavizar sulcos profundos e linhas do rosto, proporcionando ao paciente uma aparência facial calma, rejuvenescida e agradável. O formato das sobrancelhas também é realçado, elevando levemente seu canto externo, o que promove um olhar mais jovem e atraente.

 

Indicações da toxina botulinica

O incômodo gerado pelas rugas é o principal motivador para o uso do Botox. Portanto, veja as principais indicações para o uso da toxina botulínica, em casos de linhas de expressão e também no tratamento de hiperidrose:

  • Prevenção do envelhecimento através da suavização de rugas de expressão evitando que estas fiquem aparentes mesmo quando não está com a musculatura em movimento.
  • Suavizar as linhas da testa, o vinco entre as sobrancelhas e os “pés de galinha”;
  • Levantar os cantos da boca;
  • Arquear as sobrancelhas;
  • Melhorar as rugas no colo e pescoço;
  • Melhorar o contorno do rosto na região da mandibula;
  • Melhora se sintomas de bruxismo e como consequencia afinar o rosto
  • Arrebitar levemente a ponta do nariz;
  • Disfarçar a gengiva aparente ao sorrir;
  • Combater o excesso de suor (hiperidrose) nas axilas, mãos e pés.

 

Como é feita a aplicação?

Cirurgiões Plásticos e Dermatologistas são os profissionais mais preparados para a utilização desta técnica. Portanto, certifique-se de que seu médico possua a formação e a capacitação necessária para a realização deste procedimento. A área de aplicação do Botox deve ser analisada e estudada pelo especialista para que o resultado seja o mais natural possível.

Após a higienização do local, é feita a anestesia tópica para diminuir a sensibilidade. A toxina botulínica é injetada na área a ser tratada, geralmente com distância de 1,5cm de um ponto para o outro. A aplicação é rápida, costuma levar em torno de 30 a 40 minutos.

 

Intervalos entre as aplicações

Geralmente, o efeito do Botox no rosto começa a diminuir a partir de 4 meses após sua aplicação. Perdendo o efeito por completo em aproximadamente 6 meses.

Considerando a mesma região a ser tratada é recomendado o intervalo de 6 meses entre uma aplicação e outra. Caso esse prazo não seja respeitado, pode-se desenvolver uma resistência ao produto e a toxina botulinica  pode perder seu efeito. Portanto,  duas aplicações por ano seriam suficientes.

 

O resultado é imediato?

O resultado não costuma ser imediato. Geralmente, o efeito começa a ser observado após 48h,  mas ocorre variações do até  por volta de duas  semana a um mês. Por isso, pode acontecer de o médico marcar retorno do paciente entre o décimo quarto dia e o trigésimo para verificar a necessidade de um retoque.

 

Idade recomendada para o uso do Botox

Quando falamos sobre a idade ideal para o uso da toxina botulínica, o bom senso do médico e do paciente devem ser levados em consideração. Por isso, mais importante que a faixa etária, é saber se ele precisa do tratamento ou não. Pacientes jovens (a partir dos 25 anos em média) com tendência genética à formação de rugas podem usufruir da técnica de forma preventiva. Ao relaxar determinado músculo, a toxina botulínica previne o aparecimento de um vinco mais profundo daqui a cinco ou dez anos. Conversar com o médico e esclarecer dúvidas é o mais adequado para um tratamento correto, eficaz e saudável.

 

Cuidados após aplicação

Após a aplicação da toxina botulinica o paciente pode retornar à sua rotina normalmente, apenas tomando alguns cuidados:

  • Evitar massagear os locais de aplicação nas primeiras 24horas;
  • Evitar exercícios físicos no dia da aplicação;
  • Evitar exposição solar, principalmente quando fica roxo na região de aplicação;
  • Evitar deitar-se nas primeiras 4 horas;
  • Evitar cosméticos e produtos para a pele por 4 horas.

 

Contraindicações

A toxina botulinica  é contraindicada nos seguintes casos:

  • Para pacientes que apresentam alergia a qualquer componente de sua formulação;
  • Mulheres grávidas ou lactantes;
  • Portadores de doenças neuromusculares, imunológicas e coagulopatias;
  • Pessoas que utilizam anticoagulantes, aminoglicosídeos e drogas que interferem na transmissão neuromuscular.

 

A toxina botulinica  promove várias vantagens ao paciente. Para conhecer um pouco mais sobre esta técnica, agende uma avaliação conosco e esclareça outras possíveis dúvidas.

Quer saber mais?

Escreva-me através das redes sociais:
Instagram: @ProPlastica
Facebook: @ProPlasticaBH

Dr. Alexandre Marcondes
Cirurgião Plástico em Belo Horizonte – Hospital Dia ProPlastica
CRM: 11209 / RQE: 8680