Clínica ProPlastica

Como é a recuperação da mamoplastia de aumento

Como é a recuperação da mamoplastia de aumento

Como é a recuperação da mamoplastia de aumento

A mamoplastia de aumento é uma cirurgia plástica que tem como objetivo aumentar o volume das mamas e proporcionar um melhor contorno, firmeza e simetria para os seios através da inclusão de prótese de silicone.

Apesar de sonharem com seios bonitos e volumosos, muitas mulheres têm receio e dúvidas sobre o processo de recuperação da mamoplastia de aumento. Mas, a feliz notícia é que você irá se surpreende ao descobrir que a recuperação é mais suave e tranquila do que imagina.

Para quem é indicada a mamoplastia de aumento?

A cirurgia é indicada para pacientes que desejam aumentar o tamanho das mamas. O implante de silicone também é recomendado para casos em que houve o comprometimento da sustentação e firmeza dos seios. A técnica também é indicada para as mulheres cuja perda de peso ou gravidez alterou o formato das mamas. Nesses últimos 2 casos geralmente deve ser associada a mastopexia para um melhor resultado. Mulheres que tenham assimetria entre as mamas também podem ser beneficiadas por esta cirurgia.

Processo pré-operatório

Para que você tenha sucesso na recuperação da mamoplastia de aumento, é importante iniciar alguns cuidados antes da cirurgia, que começa pela escolha do cirurgião e clínica especializada, entre outros fatores importantes.

  • Converse de forma transparente com o cirurgião plástico sobre as possibilidades reais de resultado esperado;
  • Esclarecer o tipo de incisão que vai ser utilizada e a anestesia;
  • Sempre que houver algum impedimento para a realização da cirurgia já marcada avise imediatamente ao cirurgião ou a clínica;
  • Relatar qualquer tipo de tratamento realizado em sua mama no passado ou atualmente;
  • Programar suas atividades sociais, domésticas ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 2 a 3 semanas;
  • Evitar tomar aspirina ou remédios contendo AAS (ácido acetil salicílico) e vitamina E, pelo menos nas duas semanas que antecedem à cirurgia, pois poderão interferir no processo de coagulação e causar sangramentos;
  • Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja fazendo uso, por um período de 10 dias do ato cirúrgico;
  • Evitar tomar ou usar substâncias tóxicas ou drogas nas duas semanas antecedentes a cirurgia;
  • Não fumar nos 30 dias que antecedem a cirurgia e no mínimo nas duas semanas de pós-operatório, pois poderá haver retardo da cicatrização;
  • Comunicar ao médico se tiver episódio de erupção de qualquer tipo de herpes ou alergia a qualquer medicamento;
  • A menstruação não é impedimento à sua cirurgia, mas de preferência programe-a para fora do período menstrual;
  • Comunicar ao médico qualquer atraso menstrual ou possibilidade de estar grávida;
  • Comunicar qualquer sinal de líquidos saído pelo bico dos seios, resfriado, conjuntivite, herpes ou qualquer tipo de infecção que surgirem na semana anterior à cirurgia. Nestes casos, o procedimento cirúrgico deverá ser transferido até a resolução do processo infeccioso.

Recuperação da mamoplastia de aumento

Os cuidados após a cirurgia são:

A paciente deve dormir de barriga para cima, nunca de bruços ou de lado, utilizando um ou dois travesseiros para elevar o tórax discretamente. Só será permitido dormir de lado e de bruços após autorização médica, geralmente após 30 dias;

Logo após a cirurgia a mulher deve utilizar o sutiã adequado por geralmente quatro semanas de forma contínua retirando apenas para tomar banho, e mantendo até mesmo para dormir. Ele não deve ficar exageradamente apertado e deve ser removido apenas na hora do banho;

Ao tomar banho (após liberação do cirurgião), não remova o esparadrapo poroso sobre a cicatriz. Lave a região da incisão delicadamente com água e sabonete líquido neutro, seque-a. Pacientes que usam cola cirúrgica na incisão podem tomar banho no dia seguinte e não terão pontos para retirar, causando um grande conforto no pós operatório;

Após quatro semanas da cirurgia, o uso do sutiã é liberado para uso apenas em casa e durante a noite. Esse cuidado deve permanecer por mais quatro semanas. A compressão pode favorecer a cicatrização dos tecidos, minimizar a ocorrência de complicações e resultar numa cicatriz menos perceptível no futuro;

Não eleve os braços acima do nível dos ombros por quatro semanas. Isso pode romper os pontos da cirurgia, estimular acúmulo de líquidos, deslocar a prótese e prejudicar o resultado final do implante;

O retorno ao trabalho, dependendo do trabalho,  e viagens são permitidos, no mínimo,  após 7 dias;

Evite dirigir ou manter relações sexuais por pelo menos 15 dias.

 

Obedecer as etapas do pós-operatório é essencial para uma boa recuperação. Afinal, não é legal colocar a sua saúde e integridade física em jogo por falta de cuidados. Pois, assim poderá curtir a nova silhueta esbanjando saúde.

 

Escreva-me através das redes sociais:
Instagram: @ProPlastica
Facebook: @ProPlasticaBH

Dr. Alexandre Marcondes
Cirurgião Plástico em Belo Horizonte – Hospital Dia ProPlastica
CRM: 11209 / RQE: 8680