Clínica ProPlastica

Silicone e autoestima

Silicone e autoestima

Quando acontece a decisão se submeter a uma cirurgia plástica para implante de silicone, há muitas expectativas envolvidas nesse processo. Mais do que a beleza estética, a cirurgia promove uma melhora considerável na autoestima.

Do ponto de vista estético, as mamas e o bumbum simbolizam feminilidade e sensualidade. Por essas razões, quando a mulher escolhe fazer o uso de uma prótese de silicone, logo pensa também em aumentar sua autoestima.

 

Silicone nas mamas

Os seios têm uma relevância muito grande na vida das mulheres. Eles são parte importante do corpo que faz a mulher se sentir mais bonita e admirada.

Em razão das influências hormonais, as mamas passam por variações de tamanho e forma, no período da puberdade à menopausa. Geralmente, ocorre um aumento das glândulas mamárias durante a puberdade e também na gestação. Quando é chegada a menopausa, acontece a queda na produção hormonal e a substituição das glândulas por gordura. Esses fatores levam à perda da consistência das mamas.

Além dessas questões citadas acima, não podemos deixar de considerar outras oscilações (ganhos e perdas de peso) que a mulher pode experimentar ao longo da vida, levando ao aumento ou à diminuição e queda das mamas. Temos, ainda, os casos de falta de desenvolvimento mamário, resultando em mamas pequenas (hipomastia).

Quando a mulher não está satisfeita com o tamanho e forma da sua mama, o silicone pode ajudar a mudar este cenário. Pois, o que vale é a autoestima e a busca pela felicidade!

 

Mastectomia

Mulheres que passaram por tratamento de câncer de mama também podem ser beneficiadas pelas próteses de silicone.

Em virtude de um câncer ou outra situação no qual a mulher perdeu a mama, recuperar a forma dos seios através do silicone é um procedimento muito gratificante. Pois ele irá devolver a autoestima e autoconfiança da mulher, que foram perdidos devido a uma situação desfavorável.

 

Silicone no glúteo (bumbum)

Para as pessoas que não estão satisfeitas com a aparência dos glúteos, o uso do silicone é uma ótima opção de aumentar o tamanho do bumbum e melhorar a sua forma deixando o contorno corporal mais bonito.

A gluteoplastia de aumento apresenta elevado grau de satisfação por parte das pacientes, com uma melhora significativa da autoestima. Assim, como em todo procedimento cirúrgico, é necessário avaliação médica e exames para checar as condições de saúde do paciente.

Pessoas obesas ou que apresentam algum tipo de doença, não é recomendado o implante de silicone no bumbum, devido aos riscos de não alcançar o resultado desejado, assim como os pacientes que possuem o glúteo muito flácido e caído. Neste caso o cirurgião plástico irá avaliar o tratamento mais indicado.

Os resultados da gluteoplastia podem ser vistos imediatamente, no entanto os resultados finais só aparecem depois da redução do edema, que irá depender da recuperação de cada paciente.

 

Segurança no uso do silicone

O silicone é um material aloplástico (sintético) utilizado em diferentes situações médicas, como por exemplo, na neurocirurgia e a cirurgia cardíaca. Já para a cirurgia plástica, estão disponíveis na forma de próteses para mamas, peitorais, glúteos, entre outros.

Através de pesquisas e análises, até o momento, o uso de silicone não foi confirmado como causador de doenças, como câncer de mama ou problemas imunológicos. É importante saber que as próteses em si não interferem diretamente  na amamentação nem tão pouco, no diagnóstico precoce do câncer de mama. Mas a cirurgia em si causa cicatrizarão e portanto não podemos afirmar que não haverão mudanças.

Vale ressaltar que, a utilização de silicone líquido é proibida. Pois há riscos de difusão do material. Por esse motivo, as próteses mais modernas são de silicone gel de autocoesividade. Isso quer dizer que, se as próteses se romperem, não existem riscos de vazamento do silicone.

Ainda falando sobre segurança, antes de fazer uma cirurgia plástica, certifique-se que seu médico é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Além da autoestima elevada, a saúde deve estar em primeiro lugar.

 

Quer saber mais?

Escreva-me através das redes sociais:
Instagram: @ProPlastica
Facebook: @ProPlasticaBH

Dra. Alexandra Rezende
Cirurgiã Plástica em Belo Horizonte – Hospital Dia ProPlastica
CRM: 50932 / RQE: 36056