fbpx

Hospital ProPlastica

Cirurgia Plástica e Autoestima: Uma Conexão Profunda

Cirurgia Plástica e Autoestima: Uma Conexão Profunda

Saiba como construir uma relação positiva entre cirurgia plástica e autoestima e decida o melhor momento de realizar seu procedimento

A realização de um procedimento estético envolve diversas questões. Nesse sentido, cirurgia plástica e autoestima andam em conjunto para realizar sonhos ou amenizar descontentamentos com a própria aparência.

Entretanto, essa é uma questão complexa, que deve ser analisada antes da realização de um procedimento cirúrgico. 

Além disso, compreender as etapas que estão relacionadas aos procedimentos cirúrgicos é essencial para entender que a intervenção cirúrgica não consiste apenas no ato operatório. Isso porque o pré e o pós operatórios também são parte essencial e se relacionam com a cirurgia plástica e a autoestima.

Porque fazer uma cirurgia plástica: autoestima

Existem diversas razões pelas quais pessoas procuram por procedimentos estéticos. Entretanto, a grande maioria deles está relacionado ao vínculo entre cirurgia plástica e autoestima.

Isso porque a autoestima geralmente está associada à imagem, visto que a primeira impressão que criamos das pessoas é feita nos primeiros segundos que olhamos para elas. Nesse momento, observamos os mais diversos detalhes em milésimos de segundos, o que inclui a roupa, o jeito de falar ou andar, bem como a aparência. 

Além disso, a imagem que criamos de nós mesmos também está relacionada com a  aparência. É claro que não apenas isso, mas esse ponto é parte importante para determinar a confiança que temos a respeito de nós mesmos.

Os motivos para que isso aconteça são os mais diversos, seja por pressão social, seja pelas exigências que nós mesmos criamos. Fato é que existe uma conexão profunda entre cirurgia plástica e autoestima. 

Assim, é inegável que existe um aumento da confiança após uma intervenção cirúrgica plástica ou procedimento estético.

Se tratando de um conceito amplo e profundo, muitas vezes é difícil delimitar o que nos faz querer realizar um determinado procedimento para além dos incômodos estéticos. Ao mesmo tempo, é inegável que a autoestima elevada nos faz sentir melhores conosco, bem como nos traz confiança e satisfação.

Por isso, independente da razão pela qual alguém procure realizar uma cirurgia plástica para aumentar a autoestima, é preciso compreender o passo a passo que os procedimentos cirúrgicos possuem para que essa decisão seja tomada de forma consciente.

Quais as etapas de um procedimento cirúrgico?

Existem basicamente 3 etapas em um processo cirúrgico qualquer, sendo elas:

  • Pré-operatório;
  • Ato cirúrgico;
  • Pós-operatório;

nesta ordem.

Pré-operatório

Em relação ao pré-operatório, para garantir um bom alinhamento entre cirurgia plástica e autoestima é essencial alinhar expectativas e reconhecer as limitações. Pois, apesar de as cirurgias plásticas apresentarem resultados satisfatórios e visivelmente grandes, elas também têm limitações.

Isso acontece porque existem diferenças na anatomia, além das limitações do corpo de cada paciente. Isso faz com que cada procedimento estético seja único. 

Por isso, na primeira consulta é essencial alinhar as expectativas com o cirurgião plástico de escolha, além de se atentar em relação às indicações médicas para preparar seu corpo para a intervenção cirúrgica.

Cirurgia plástica e autoestima: o ato cirúrgico

Em relação ao ato cirúrgico em si, ele corresponde a cirurgia de fato. Nesse sentido, é essencial que haja confiança na equipe escolhida para esse momento. 

Afinal, a responsabilidade durante o ato cirúrgico é do médico escolhido, que busca oferecer os melhores resultados, sempre garantindo um ambiente seguro.

Além disso, o diálogo no pré-operatório irá trazer um pouco mais da história da paciente e seus desejos, criando um vínculo profundo entre a equipe, cirurgia plástica e autoestima da paciente.

Nesse sentido, a escolha de um profissional capacitado é indispensável para o sucesso do ato operatório.

Pós-operatório

Por fim, no pós operatório médico e paciente caminham juntos para garantir a conexão entre cirurgia plástica e autoestima. Por parte do paciente, os cuidados com a cicatrização e com a saúde devem ser seguidos à risca.

Já em relação ao médico cirurgião, é essencial um acompanhamento e suporte para que tudo ocorra bem e sem complicações no momento pós-operatório.

Cirurgia plástica e autoestima: onde realizar o procedimento?

O Hospital Proplástica, assim como toda a sua equipe de cirurgiões plásticos e demais funcionários, se compromete diariamente em oferecer o melhor atendimento. Dessa forma, buscamos fazer do seu procedimento seguro e um sucesso. 

Na região de Belo Horizonte, você pode contar com a equipe do Hospital Proplástica, que estará sempre pronta para te atender. Por isso, se você busca alcançar a conexão entre sua cirurgia plástica e autoestima ou agendar seu procedimento, entre em contato e agende uma consulta.

Author Info

Redatora

Enviar Whatsapp
Olá! Como posso te ajudar?
Olá! Posso te ajudar?
Você tem dúvidas sobre algum procedimento específico?