fbpx

Clínica ProPlastica

Conheça 9 Cirurgias mais procuradas no Brasil

Conheça 9 Cirurgias mais procuradas no Brasil

Vocês sabem quais são as cirurgias mais procuradas no Brasil? Sabiam também, que o Brasil atualmente ocupa o segundo lugar no ranking dos países que mais realizam cirurgias plásticas?

É isso mesmo! É cada vez mais comum a presença de mulheres e homens no consultório do cirurgião plástico. Com o objetivo de se sentirem mais seguros, além de levantar a autoestima, eles não medem esforços para corrigir alterações que incomodem em seus corpos.

No geral, orelhas, nariz, mamas, abdômen e região íntima estão entre as áreas do corpo mais modificadas através do procedimento cirúrgico.

Vamos conferir algumas informações sobre as cirurgias mais procuradas no Brasil.

9 Cirurgias mais procuradas no Brasil

1 – Otoplastia (correção orelha de abano)

A otoplastia corrige as orelhas proeminentes também conhecidas como Orelha de abano. A idade inicial para a correção deste tipo de alteração é a pré-escolar, ou seja, a partir dos seis aos sete anos de idade. Isto porque nesta idade as orelhas já estão quase totalmente formadas e no tamanho de adulto. Quanto mais próximo aos sete anos de idade o paciente operar, pode ser melhor para evitar problemas de ordem psicológica e Bullying. Todavia, nada impede que tal correção seja feita em outras fases posteriores da vida.

2 – Rinoplastia

A Rinoplastia é a cirurgia plástica indicada para correção estética e muitas vezes funcional, quando necessária,do nariz, e as possibilidades são inúmeras, como por exemplo, aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, diminuir as asas nasais, melhorar a projeção do dorso nasal e até diminuir a giba óssea, que é como os especialistas chamam o “osso” ou “calo” do nariz.

O Cirurgião Plástico vai  ouvir os desejos de cada paciente e explicar as possibilidades cirúrgicas para cada caso. Junto com o paciente, o Cirurgião Plástico tentará chegar à ideia aproximada de nariz desejado conforme as particularidades de cada um, contanto que esta pessoa tenha uma expectativa realista. Não há como oferecer um nariz igual ao de outra pessoa nem como fazer um nariz igual para todo mundo, pois cada face tem um nariz adequado para suas características.

3- Abdominoplastia

A abdominoplastia destina-se à remoção de pele e tecido adiposo (gordura) localizados no abdome inferior, assim como as estrias situadas entre o umbigo e os pelos pubianos. Através deste tratamento é possível eliminar a flacidez de todo o abdome, mas não é possível eliminar as estrias dos flancos (região lateral do abdome) ou da região acima do umbigo.

A cirurgia plástica do abdome não deve ser considerada como um tratamento de emagrecimento. Pessoas obesas (IMC maior que 30) obtêm resultado pouco satisfatório com a cirurgia e a princípio a cirurgia seria contra-indicada. Existem algumas exceções, como no caso de ex-obesos que fizeram redução cirúrgica do estomago (gastroplastia). Nestes casos, a indicação cirúrgica poderá ser feita apenas por razões funcionais e higiênicas.

4 – Lipoaspiração

Com o intuito de remover o excesso de gordura de algumas regiões do corpo, a “lipo”, como é chamada, é indicada para melhorar o contorno do corpo e não para emagrecer. Feita principalmente na região do abdome, costas, flancos, braços, cintura e coxa ela é indicada para aqueles casos que mesmo após dieta e exercícios físicos diários a gordura no local não some. .

5 – Mamoplastia de aumento

A cirurgia de implante de silicone nos seios pode ser realizada em pacientes com pequeno volume de mama, para simetrizar mamas de tamanhos diferentes (pequenas ou grandes diferenças) e nos casos em que a mama tem volume normal, mas a paciente deseja o aumento volumétrico das mamas para melhoria do contorno corporal.

A mamoplastia de aumento pode ser realizada a partir do final do crescimento e desenvolvimento das mamas. Isto ocorre por volta dos 17 ou 18 anos. Às mulheres que já amamentaram, recomenda-se aguardar pelo menos 6 meses após o fim da amamentação para agendar a cirurgia de implante de silicone.

6 – Mastopexia

A Mastopexia ou cirurgia para corrigir a queda da mama, também chamada de lifting mamário, visa subir a mama, reduzir e reposicionar os mamilos com pequena ou nenhuma redução de volume mamário.

Esta cirurgia está indicada nos casos de mamas de volume normal, mas que já apresentam queda após amamentação, variação de peso ou efeito da própria idade e gravidade.

As mamoplastias  estéticas podem ser realizadas a partir do completo desenvolvimento das mamas, o que consideramos ocorrer após no mínimo dois anos da primeira menstruação. Geralmente observamos pacientes com mais idade querendo fazer este procedimento, mas dependendo da genética e da variação de peso, mesmo as jovens podem recorrer a esta cirurgia. Ao considerarmos o período de lactação, recomendamos aguardar pelo menos 6 meses após interrompê-lo para programar sua cirurgia.

7 – Ninfoplastia

A Ninfoplastia, também chamada de Cirurgia íntima, é uma cirurgia realizada nas bordas dos pequenos lábios da vulva, retirando pele e mucosa excedente para fora dos grandes lábios.

Esta cirurgia pode ser indicada quando o tamanho dos pequenos lábios excede os grandes lábios, trazendo incômodo durante a relação sexual, quando dá grande volume em biquíni e lingeries, quando dói ou incomoda no dia a dia ao usar roupas justas, ou quando somente atrapalhar esteticamente.

Geralmente após a cirurgia íntima, poucas pacientes se queixam de dor intensa. O pós-operatório é tranquilo, habitualmente, mas apresenta algum inchaço.

Após a cirurgia não há impedimento para ficar sentada e a sensibilidade retorna ao normal assim que o inchaço for passando. E a higiene local é muito importante.

Comumente, deve-se tomar antibiótico e evitar relação sexual por cerca de 30 dias.

Não há necessidade de se retirar pontos. A anestesia pode ser local com sedação ou peridural. No geral, a paciente opera e obtém alta hospitalar no mesmo dia.

8 – Blefaroplastia

A blefaroplastia ou plástica das pálpebras é uma cirurgia frequentemente indicada após os 30 anos de idade, em função dos fenômenos de envelhecimento. No entanto, a presença de bolsas de gordura ou flacidez precoce das pálpebras está ligada a fatores genéticos, o que pode tornar recomendável a cirurgia para os mais jovens.

A blefaroplastia pode ser superior ou inferior e a indicação vai depender da necessidade de cada caso.

Durante a primeira consulta o paciente deverá expor o que gostaria de melhorar, ponderando com o seu cirurgião sobre os limites técnicos e as possibilidades que a cirurgia oferece.

9 – Cirurgia de Ginecomastia

Ginecomastia é o nome que se dá ao aumento anormal do tecido mamário em homens e pode afetar ambos os seios, o mais comum de acontecer, ou apenas uma mama. Na maioria dos casos não apresenta causa conhecida ou alterações nos exames hormonais, mas pode sim ser desencadeada por um desequilíbrio entre os hormônios estrogênio e testosterona.

Na cirurgia de ginecomastia é feito um corte pequeno na parte inferior do mamilo, removendo por esta incisão a glândula mamária do homem. Quando o excesso de pele além do aumento do volume as cicatrizes precisam ser maiores. A anestesia utilizada pode ser local, com sedação, ou geral, de acordo com a indicação e, geralmente, o paciente recebe alta no mesmo dia, não necessitando de internação. É possível a adoção da lipoaspiração como procedimento coadjuvante ao tratamento.

Concluindo, apesar da popularidade dessas cirurgias plásticas, é preciso ter em mente que cada paciente apresenta um caso diferente e que o procedimento estético não deve ser visto como uma meta de vida, mas sim como uma opção. Apenas após uma avaliação feita por um especialista será possível determinar a necessidade da cirurgia plástica ou se tratamentos menos invasivos podem corrigir tais imperfeições.

Para mais informações, fique à vontade para marcar uma consulta. Escreva-me também através das redes sociais:
Instagram: @ProPlastica
Facebook: @ProPlasticaBH

Dr. Alexandre Rezende
Cirurgião Plástico em Belo Horizonte – Hospital Dia ProPlastica
CRM: 50932 / RQE: 36056



Qual a sua dúvida sobre cirurgia plástica?
Powered by