Clínica ProPlastica

Plástica após o parto, qual o melhor momento para fazer?

Plástica após o parto, qual o melhor momento para fazer?

A maternidade é um momento especial na vida da mulher, mas o corpo sofre grandes mudanças. E ter o corpo de antes da gestação, e quem sabe melhor, é o desejo da maior parte das mulheres.

Para as pessoas que têm na genética uma aliada e que levam a sério as orientações nutricionais durante a gravidez, a recuperação da silhueta ocorre em um período menor, especialmente quando amamentam. Mas, para outras mulheres, o processo pode ser um pouco mais longo.

Algumas das marcas da gestação só podem ser eliminadas com cirurgia plástica, por isso é muito comum que as mulheres busquem realizar procedimentos após o parto. No entanto, é preciso esperar até o momento ideal. Isso porque, algumas alterações no corpo da mulher se mantêm até o final da amamentação.

O tempo certo

É preciso respeitar o tempo que o organismo necessita para se recuperar das transformações pelas quais ele passou no período da gestação, por isso é preciso esperar pela hora certa para fazer novas mudanças no corpo.

As cirurgias plásticas, entretanto, não devem ser feitas logo após o parto, conforme recomenda os especialistas em cirurgia plástica. Após o parto, a mamãe está em fase de regressão do inchaço natural da gravidez e sob efeito de alterações hormonais, ou seja, com o corpo voltando ao seu estado natural.

Órgãos como coração, fígado e rins precisam de dois meses para se recuperar da compressão que o bebê causou durante a gestação. Além disso, os cuidados com o bebê exigem muito do corpo da mãe. Por essa razão, cirurgias plásticas geralmente são recomendadas, no mínimo, 6 meses após a fim de amamentação.

Preparação para a cirurgia plástica

A maneira correta de se preparar para uma cirurgia plástica após a gestação é através de uma alimentação balanceada e a prática de atividades físicas. Com essa conduta, a saúde do seu corpo irá refletir em uma recuperação mais rápida e mais segura.

Lembre-se que a plástica não irá fazer você perder peso e sim proporcionar um contorno corporal mais próximo ou melhor do que era antes. Apesar de ter a formação de cicatrizes.

Assim que você passar da fase do resguardo, procure a orientação médica para liberação da prática de exercícios. Geralmente, o mais recomendado para mulheres que acabaram de ter bebê é a hidroginástica, caminhada ou ioga (que inclusive pode ter a participação da criança nesta modalidade).

Tenha uma alimentação rica em frutas, legumes, verduras, proteínas, e muita água, principalmente em função da amamentação.

Quero ter mais filhos! Posso faze plástica mesmo assim?

Se o seu desejo é engravidar até nos próximos dois anos, convém adiar o sonho da plástica. Mas, se uma nova gestação não está nos seus planos tão cedo, e você está com todas as condições físicas para realizar uma plástica, vá em frente.

A grávida que já passou por uma cirurgia plástica, no entanto, deve tomar cuidados redobrados com a hidratação da pele, que está mais sujeita a estrias. É imprescindível também usar protetor solar sobre as cicatrizes, pois há tendência à hiperpigmentação nesta fase. Quanto ao bebê, não é preciso se preocupar, ele não sofre incômodo algum dentro de uma barriga que já passou por uma cirurgia plástica. Mas pode sim ter nova flacidez de pele após a gravidez.

As cirurgias mais procuradas pelas mamães

É normal que a barriga e os seios fiquem flácidos depois da gestação e muitas mulheres acabam ansiosas para reconquistar a antiga silhueta. Portanto, segue abaixo as cirurgias plásticas mais procuradas pelas mulheres após o parto:

Lipoaspiração: consiste na retirada de gordura localizada do contorno corporal, com o objetivo de melhorar a forma do corpo. Não serve para emagrecimento, portanto, caso a gestante tenha ganhado muito peso, o correto é emagrecer e ficar perto do peso ideal antes de se submeter à cirurgia.

Abdominoplastia: em alguns casos, mesmo a mulher conseguindo retornar ao peso de antes da gestação, o contorno do abdômen pode apresentar mudanças irreversíveis. Além de eliminar gordura, a abdominoplastia é capaz de resolver a flacidez excessiva de pele. A operação também inclui a sutura de músculos abdominais, deixando a silhueta mais fina.

Mamoplastia: para as mamães que já passaram da fase da amamentação, é a cirurgia ideal para tratar a flacidez das mamas, seja reposicionando os tecidos mamários e retirando-se o excesso de pele ou preenchendo a pele e o volume das mamas com próteses de silicone.

 

Cirurgia plástica envolve muitas escolhas, e a primeira e mais importante é selecionar o cirurgião em quem você pode confiar. Procure um profissional qualificado, com experiência no assunto e que faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Assim, você se sentirá mais segura e terá a certeza que receberá bons cuidados, visando sua saúde, bem-estar e excelentes resultados.

 

Para mais informações, fique à vontade para marcar uma consulta. Escreva-me também através das redes sociais:
Instagram: @ProPlastica
Facebook: @ProPlasticaBH

Dra. Alexandra Rezende
Cirurgiã Plástica em Belo Horizonte – Hospital Dia ProPlastica
CRM: 50932 / RQE: 36056

 

×
Olá! Posso te ajudar?
Você tem dúvidas sobre algum procedimento específico?